A Huaca da Lua

O Templo Novo

Durante os anos de 550 o 600 de nossa era, o Templo Velho foi abandonado. Qual foi o motivo para os moches abandonar este espaço sagrado? Sabe-se que nessa época aconteceu uma serie de estiagens e inundações, o evento do El Niño com características apocalípticas que colocou a prova a eficiência dos sacerdotes. Apesar dos rituais, dos sacríficos humanos e de outras oferendas, a ira do deus da montanha no se aplacou. Ou por um acaso seu deus os abandonou. Os sacerdotes não foram mais vistos como deuses nem como seus intermediários. A época dos sacerdotes tinha chegado ao fim e os habitantes da cidade começaram a tomar o controle do poder politico e econômico.

O Templo Novo nos conta esta parte da historia, uma historia de caos e de mudanças. Sua construção, ao lado do velho templo abandonado, não possui a monumentalidade de seu antigo predecessor. Nas suas paredes não se observa mais ao Deus das Montanhas ou ao demônio, porem se apreciam vestígios de desenhos geométricos, de tecedoras e de objetos animados, alguns lutando contra os homens. Este último tema nos leva a pensar no caos que antecede ao equilíbrio, necessário para estabelecer a mudança que era requerida pela sociedade. Assim uma nova era se iniciou a dos governantes seculares, com uma igreja submetida a sua autoridade e que encontrou seu êxito numa sociedade formada pelos filhos dos moches, chamada Chimú, que construíram a cidade de Chan-Chan, a 12 quilômetros de distancia aproximadamente. Mais essa é outra historia. 

Desenhado por
Este site foi produzido com patrocínio de:
Fondoempleo – Projeto Arqueológico Huacas do Sol e da Lua – Universidade Nacional de Trujillo – Patronato Huacas do vale de Moche.
Traduzido por: Roberto Rugel
huacasdemoche@huacasdemoche.pe
Jr. San Martín 380, Trujillo Peru. Fone/fax (51-44) 221269
Março 2011